Notícias



Confiança do empresário industrial permanece em alta no Maranhão


Data: 23 de fevereiro de 2018
Crédito: Coordenadoria de Comunicação e Eventos do Sistema FIEMA
Fotos: Veruska Oliveira/Comunicação/FIEMA

SÃO LUÍS – O Índice de Confiança do Empresário Industrial do Maranhão (ICEI-MA) se mantém em alta em fevereiro, encerando o mês com 65,2 pontos e permanecendo na casa dos 60,0 pontos, tendência observada desde dezembro de 2017. Na pesquisa - elaborada mensalmente pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA), em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI) – foram entrevistados empresários maranhenses das indústrias de extração e transformação e do ramo da construção civil. O estudo considera que valores abaixo de 50 pontos indicam falta de confiança do empresário. Quanto mais abaixo de 50 pontos, maior e mais disseminada é a falta de confiança.

 

Em relação aos segmentos, o das indústrias de extração e de transformação marcou 69,4 pontos e apresenta-se mais otimista em relação ao da construção civil, registrando, em fevereiro, 13,9 pontos acima. O indicador da construção continua otimista, marcando 55,5 pontos neste segundo mês do ano.

 

De acordo com a CNI, uma das dificuldades apontada pelo segmento da construção é a redução de demanda interna. Isso pode sugerir uma explicação para o fato de que, apesar de todo o otimismo por conta de alguns fatores conjunturais favoráveis à inversão, como taxas de juros mais baixas, a confiança do setor não acompanha o mesmo ritmo da indústria de transformação, já que esta tem como alternativa o mercado externo.

 

EXPECTATIVA – A expectativa para os próximos seis meses ultrapassou a casa dos 71 pontos para os empresários da indústria de transformação e o de 61 pontos para os da construção civil, o que denota mais confiança nas políticas postas em prática.

 

A pesquisa da FIEMA também mediu a confiança no Brasil. Nacionalmente, o índice continua satisfatório e permanece na faixa dos 50 pontos com tendência de crescimento, marcando 58,8 pontos em fevereiro. Em nível regional (ICEI-NE), o índice também permanece estável, pois assim como o nacional, se mantém na faixa dos 50, pontos desde janeiro de 2017. 

 

O ICEI-MA é obtido a partir da ponderação dos resultados referentes às condições atuais e expectativas dos empresários em relação à economia brasileira, o Estado e a empresa.

Use Ctrl + nº da tecla

Ctrl + 1 (menu) Ctrl + 2 (conteúdo) Ctrl+ 3 (busca) Ctrl + 4 (Rodapé) Ctrl + 5 (mapa) Ctrl + 0 (acessibilidade)



Original

Contraste