Notícias



Após três meses de redução, atividade na construção registra crescimento


Data: 24 de maio de 2018
Crédito: Coordenadoria de Comunicação e Eventos do Sistema FIEMA

SÃO LUÍS – De acordo com a Sondagem da Indústria da Construção Civil do Maranhão, elaborada pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA) e Confederação Nacional da Indústria (CNI), no mês de março, o setor da construção registrou aumento de 4,9 pontos em relação ao mês anterior, e alcançou a faixa de 39,3 pontos. No entanto, o índice ainda permanece a 10,7 pontos do considerado satisfatório. A elevação das expectativas para os próximos seis meses (+5,5), somada ao aumento do número de empregados, de 34,4 pontos em fevereiro para 45,6 pontos em março, indica uma possível retomada do setor para os próximos meses.

A pesquisa contextualizou que o início do ano de 2018 tem se caracterizado pelos níveis insatisfatórios da atividade da construção civil. O último mês em que a atividade da construção esteve em patamar satisfatório foi novembro de 2017, quando o índice atingiu a marca de 52,5 pontos. A partir de dezembro, o nível de atividade registrou sucessivas quedas e manteve a tendência até o mês de fevereiro: dezembro de 2017 (39,3), janeiro de 2018 (36,7) e fevereiro de 2018 (34,4).

ACESSO AO CRÉDITO – Um dos entraves sinalizados pelos empresários do setor foi o acesso ao crédito. No primeiro trimestre deste ano, o acesso ao crédito, comparado aos últimos meses de 2017 (outubro, novembro e dezembro) de 2017, indicou uma piora de 2,5 pontos. Porém, o índice melhorou em relação ao primeiro trimestre do ano passado, quando marcou 27,4 pontos. O registro no primeiro trimestre de 2018 foi de 37,5 pontos. A dificuldade de acesso ao crédito torna mais desafiador o reaquecimento do setor, já que se concretiza em menor disponibilidade de recursos para investimento. A redução da intenção de investimento para os próximos seis meses (64,1 pontos em fevereiro para 48,8 pontos em março) reforça as consequências negativas da maior dificuldade para acessar o crédito.

A situação financeira das empresas melhorou em comparação ao último trimestre, embora ainda não se encontre satisfatória. Já a satisfação com a margem de lucro teve uma significativa queda em relação ao último trimestre, reflexo do quadro de diminuição das atividades do setor.

A Sondagem da Construção Civil do Maranhão é elaborada mensalmente. Foram pesquisadas empresas construtoras de edifícios, empresas de serviços e de obras de infraestrutura, no período de 2 a 16 de abril de 2018.

Use Ctrl + nº da tecla

Ctrl + 1 (menu) Ctrl + 2 (conteúdo) Ctrl+ 3 (busca) Ctrl + 4 (Rodapé) Ctrl + 5 (mapa) Ctrl + 0 (acessibilidade)



Original

Contraste